Ir para o conteúdo
2016 Edição N°11

PRONERA E ENSINO TÉCNICO AGRÍCOLA – REPENSANDO A EDUCAÇÃO/FORMAÇÃO PROFISSIONAL DOS SUJEITOS DO CAMPO

Por Ângelo Rodrigues de Carvalho

Resumo:

As contradições existentes e dominantes no modelo educacional brasileiro e mais em particular paraense revelam o processo segregacionista que alija os povos do campo. Neste ínterim, o presente trabalho é produto do desdobramento do projeto de pesquisa intitulado IFPA – Campus Castanhal: Ensino Agrícola e Educação do Campo – diálogos, saberes e construção de políticas educacionais inclusivas. Assim sendo, o trabalho que ora se apresenta discute as mudanças efetivadas no âmbito da prática pedagógica da antiga Escola Agrotécnica Federal de Castanhal – EAFC, que desde 2008 passou a abrigar o Campus Castanhal do Instituto Federal do Pará, a partir da abertura de seu espaço acadêmico para os sujeitos do campo, incluindo-se aí os Movimentos Sociais do Campo, percebendo desde então a possibilidade da construção de um novo modelo de educação/formação profissional. Esta realidade tornou-se possível com o funcionamento e o trabalho desempenhado com a turma do PRONERA – Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária que combinando a formação dos jovens com o respeito às suas características culturais e valorização dos modos de vida do campo, mediante a adoção da Pedagogia da Alternância, acabou colocando em cheque a educação bancária praticada nos espaços educativos dos jovens estudantes da referida escola, em sua ampla maioria oriundos das áreas rurais dos mais diversos municípios do estado. O resultado foi o repensar da prática pedagógica e do currículo escolar existente e dominante na escola, corroborando para as mudanças hoje já sentidas em diversos setores que compõem o ambiente educacional. Considerando que a prática educativa do PRONERA está fundada nos princípios da Educação do Campo, o presente trabalho busca analisar a contribuição desta na formação profissional dos alunos trabalhadores da EAFC, considerando a proposta de ensino e educação do PRONERA que configura uma nova relação com o espaço territorial, fundamentado no respeito e na valorização dos saberes e conhecimentos dos sujeitos do campo.

Palavras-chave: Ensino Agrícola. Educação do Campo. PRONERA.