Ir para o conteúdo
2016 Edição N°11

SABERES CULTURAIS E MODOS DE VIDA DE RIBEIRINHOS:: A RELAÇÃO COM O CURRÍCULO EM AÇÃO1

Por Natamias Lopes de Lima2

RESUMO:

O presente artigo procura entender como o currículo em ação em uma escola multisseriada, se relaciona com os saberes culturais de ribeirinhos de uma comunidade do município de Breves/PA. Objetiva contribuir com o aprofundamento da reflexão crítica sobre currículo escolar assumido nas escolas multisseriadas ribeirinhas da Amazônia. De forma mais específica a) identifica aspectos significativos do universo cultural de uma comunidade ribeirinho do município Breves e, b) analisa, no currículo em ação, a relação entre o saber escolar e os saberes culturais de ribeirinhos. Abordagens os saberes culturais de ribeirinhos em três categorias, ou seja, saberes das águas, saberes da terra e saberes da mata. Sob a égide de uma visão critica, analisa o uso do livro didático diante da diversidade cultural do campo, bem como a frequente prática da adaptação curricular a educação do campo a partir da logica urbanocêntrica. O universo cultural da comunidade ribeirinha é extremamente complexo e diversificado, em cujo contexto seus agentes movimentam uma multiplicidade de saberes para conduzir seus modos de vida. Embora muitos assuntos explorados em sala de aula tenham servido muito mais como subterfúgio para se ensinar letras do alfabeto e sílabas soltas do que propriamente como ponto de partida para um diálogo com o universo dos educandos, o currículo desenvolvido na escola em discussão estabelece uma relação de aproximação com os saberes culturais de ribeirinhos da comunidade Santa Maria. O que faltou foi mais profundidade, articulação com as experiências dos próprios educandos e da comunidade como forma de aprofundamento das discussões iniciais.

Palavras-chave: Currículo; Educação do Campo; Saberes culturais.